Plástica Total

Dr. Edson Luiz Ohira
CRM 88.097 - Membro Especialista pela Sociedade Brasileira de Cirgurgia Plástica

Otoplastia

Voltar para Cirurgias

O que é Otoplastia

Otoplastia é a cirurgia utilizada para correções de deformidades na orelha. São consideradas tanto anomalias do crescimento, deformidades adquiridas por trauma ou outras doenças. A deformidade mais conhecida é a orelha em abdução ou "orelha de abano".


Diferente de muitas cirurgias plásticas, a Otoplastia não tem uma idade ideal para ser realizada, porém é importante esperar até os 7 anos de idade, pois é quando a orelha está completamente formada e quase igual ao tamanho adulto. Além de que a cirurgia no período escolar poderá evitar problemas de ordem psicológicos. É comum que a criança tenha o desejo de ser operada.


Apesar da cirurgia ser feita muitas vezes realizadas quando o paciente é ainda criança o tratamento na idade adulta é comum também.

Otoplastia em Crianças

Os pais podem perceber a alteração na forma da orelha muito cedo e procurar solução.


O diagnóstico é feito pelo médico e nos casos de orelha em abdução somente o exame clínico é suficiente para chegarmos a uma conclusão.


As deformidades se localizam fundamentalmente em dois pontos: na concha (a parte funda da orelha) que está muito elevada e na anti-hélix (a parte mais saltada no meio da orelha) que não está bem "desenhada".


Normalmente, a queixa inicial é dos pais e vai sendo da criança a medida que se aproxima a idade escolar. Esta deformidade tem um potencial de dano psicossocial importante pelas "brincadeiras" a que seus portadores podem ser submetidos.

Como é Feita a Otoplastia

A Otoplastia é feita através de um corte interno na pele atrás da orelha. Descola-se a pele da cartilagem e esta é tratada e fixada na nova posição com pontos internos. Os pontos internos não precisam ser removidos.


A anestesia pode ser Anestesia Local, local com um anestesista propiciando uma Sedação, ou Anestesia Geral.


A escolha do método de anestesia, sempre em comum acordo com o anestesista, levará em consideração o tamanho da cirurgia, as condições clínicas, psicológicas e a idade do paciente.


Esta cirurgia é normalmente realizada em caráter ambulatorial, o paciente volta para casa no mesmo dia.


O paciente fica com um curativo, gazes e atadura (como um capacete) de um a dois dias.

Os cuidados pós-operatórios variarão segundo a magnitude dos procedimentos efetuados. Sempre haverá um inchaço maior nos primeiros dois dias, que gradativamente vai diminuindo.


Os pontos externos são retirados entre seis e oito dias e em geral este é o tempo suficiente para o paciente retornar às suas atividades sociais e laborais.

É importante ressaltar que as alterações de cicatrização e acomodação dos tecidos em seu novo local seguem por mais algum tempo.


Pelo menos três meses são necessários para se observar o resultado final do tratamento.




Plástica Total

Dr. Edson Luiz Ohira

Rua Ministro Gabriel de Rezende Passos, 500 Cj. 1706 - Moema - São Paulo - SP - CEP 04521-022 - Tel: +55 11 5054-2358
Rua Loefgreen, 1425 - Vila Clementino - São Paulo - SP - CEP 04040-031 - Tel: +55 11 5908-4100 / 5573-6826

Libero +